NOTÍCIAS


YouTube lança função “Remix” no Shorts para competir com TikTok


O YouTube está apostando alto para manter sua relevância no mundo do entretenimento online. Recentemente, a plataforma lançou uma nova funcionalidade chamada “Remix” no Shorts, seu concorrente direto do TikTok. A ferramenta promete agitar a cena da criação de conteúdo musical online, permitindo aos usuários criar remixes de vídeos musicais diretamente na plataforma

Leia Mais:

Inspirada nas populares funções do TikTok, o Remix oferece aos usuários a liberdade de alterar diversas configurações de um videoclipe, resultando em produções inéditas e autorais. A novidade chega em um momento crucial, em que a concorrência entre as plataformas de compartilhamento de vídeos está mais acirrada do que nunca.

Funções do Remix

Para incorporar um videoclipe em um Short, os usuários podem acessar qualquer vídeo no Youtube (exceto se um artista ou gravadora optou por não usar o recurso) e selecionar o botão “Remix”.

A plataforma oferece quatro opções para edição de conteúdo: áudio, tela verde, corte e colab. Com a ferramenta “Colab”, os usuários têm a possibilidade de exibir o videoclipe junto com o seu, ideal para a criação de vídeos de dança onde a coreografia se destaca. A opção “Tela Verde” permite configurar o videoclipe como plano de fundo, comum no formato react. Já com a ferramenta de “Corte”, é possível extrair um clipe de até cinco segundos de um videoclipe e adicioná-lo ao Short. Por fim, a função de “Áudio” possibilita aos usuários incorporarem o som de um videoclipe no curta.

Sarah Ali, Diretora Sênior de Gerenciamento de Produto do YouTube. Foto: DivulgaçãoSarah Ali, Diretora Sênior de Gerenciamento de Produto do YouTube. Foto: Divulgação
Sarah Ali, Diretora Sênior de Gerenciamento de Produto do YouTube. Foto: Divulgação

No YouTube, você pode assistir ao videoclipe de música repetidamente, conferir outros Shorts que foram criados a partir da mesma música por outros fãs e descobrir faixas do catálogo extenso de seus artistas favoritos e reviver esses momentos remixando-os como se fossem seus próprios,” diz Sarah Ali, Diretora Sênior de Gerenciamento de Produto do YouTube.

Embora ofereça diversas alternativas de edição, o Remix permite selecionar apenas uma por vez, ao contrário das numerosas possibilidades oferecidas pelo TikTok. No entanto, considerando que se trata de uma função nova, é provável que a variedade de edições aumente com o tempo.

Atualmente disponível apenas no app mobile, o recurso tem acesso limitado a alguns usuários. No entanto, espera-se que seja liberado para mais pessoas em breve.

Crise do TikTok: Oportunidade para o YouTube

A coincidência do lançamento do Remix pelo YouTube em um momento delicado para o TikTok não passa despercebida. Recentemente, a plataforma chinesa enfrentou a remoção do catálogo na íntegra da Universal Music Group (UMG), devido à falta de acordo entre as partes envolvidas. 

Com isso, os criadores de conteúdo do TikTok correm o risco de terem as músicas de vídeos removidas, por conta do sumiço do catálogo da Universal. Numa tentativa de solucionar o problema, eles teriam que substituir o áudio por outra canção que ainda esteja disponível na plataforma.

Por sua vez, o YouTube poderia lucrar com a situação, fornecendo uma alternativa para a produção de conteúdo musical, sem violar os direitos autorais. A perspectiva pode atrair não apenas os criadores de conteúdo que procuram uma plataforma estável, mas também os artistas em busca de uma rede que ofereça maior visibilidade e proteção para suas obras.



Fonte: POPline


16/02/2024 – Paraiso FM

COMPARTILHE

SEGUE A @PARAISOFM897

(35) 3531-8007

[email protected]
Avenida Zezé Amaral, 1128 – Vila Ipê.  Cep: 37950000 – São Sebastião do Paraíso – MG      WhatsApp ouvinte: (35) 99910-6677

NO AR:
- PARAISO FM