NOTÍCIAS


Vídeo: Claudia Leitte altera letra de Caranguejo e desagrada o público


Carnaval também é época de recordar momentos memoráveis? Os internautas acreditam que sim. Claudia Leitte foi alvo de uma enxurrada de críticas após usuários do Twitter resgatarem um vídeo em que ela altera a letra da música Caranguejo para não citar uma entidade das religiões africanas.

Na gravação, tirada do DVD AxeMusic – Ao Vivo em Recife, lançado em 2014, muda a canção, que foi um dos seus maiores sucessos. O trecho original diz “Maré tá cheia/Espera esvaziar/Joga flores no mar/Saudando a rainha Yemanjá”. No lugar da última frase, Claudia Leitte fala “Só louvo meu rei Yeshua” (nome de Jesus em hebraico).

Usuários do microblog não gostaram da postura da cantora e detonaram: “Mas segue pegando o dinheiro que a festa mundana dá, né?”, questionou um. “Essa pessoa só canta Axé pela grana e fama, mas no fundo tem aversão ao ritmo. Poderia muito bem deixar a hipocrisia de lado e ir cantar gospel”, aconselhou outro. “Quando fizeram montagem da Anitta dançando Rei Davi, os crentes caíram em cima dela por nada… Aí, a Claudia Leitte muda a letra de uma música e os crentes ‘tá certa, é a religião dela’. Se não quer cantar, certo, não cante. Crente só milita quando convém…”, disparou um terceiro. “Fanática religiosa que não conhece a própria religião, muito menos as religiões de matriz africana”, apontou mais um.

Teve também que apoiou o comportamento da artista: “Quando falamos em respeitar a diversidade temos que respeitar até mesmo aquilo que não nos representa. Ela é baiana, cantora, artista e cristã. Ela tem o direito de cantar o ritmo que a representa e tem o direito de professar a fé em que crê. Não há desrespeito, há diversidade!”, afirmou uma. “Parabéns para Claudia Leite por exaltar Jesus Cristo que é o caminho, a verdade e a vida. Todo o resto é conversinha fiada”, alfinetou mais uma. “Não estaremos de acordo nessa, as pessoas têm o direito de reservar suas crenças!”, comentou uma terceira.

Diretor musical da Claudia Leitte faz post homofóbico

Claudia Leitte arrasta uma multidão de fãs pelo Brasil, principalmente entre o público LGBTQIAPN+. E uma fala do diretor musical da cantora, postada nas redes sociais no fim de janeiro, causou polêmica no Twitter.

Luciano Pinto, mais conhecido como Lu Sustenido, usou o Instagram para detonar os fãs da cantora com declarações nada cordiais.

0

“Deixa de agonia, perturbação da p*rra. Vai chupar a p*ca da abelha pra ver se sai mel! Calma, car*lho, nada vai ser como vocês querem, relaxem, deixem de maluquice. Ficam criando expectativas falsas. Aprendam a se adaptar”, começou ele.

Em outro story, o músico colocou uma “placa” de “proibido binga”: “Faça o seu. Paciência, meu fiel. Tem trâmites, animal. Tem etapas, seu mala”, escreveu ele.

Apesar de nos sites de busca o termo “binga” estar associado ao órgão sexual masculino e a termos como “p*ca”, Luciano definiu, em mais uma publicação, sobre o que estava falando:

“Como identificar um binga: músico que não consegue fazer base; improvisa fora de hora; não respeita as pausas, sempre preenche com alguma firula; não pode ver uma câmera de ao vivo que quer solar; toca muito forte, muito alto; não afina seu instrumento; nunca tem o figurino básico, branco ou preto; tem mil desculpas para chegar atrasado; é vaidoso e gosta de dar ordem; e acha que toca melhor que todo mundo”.

Mas os esclarecimentos de Lu Sustenido não convenceram os internautas: “‘Vai chupar a p*ca, ‘proibido binga e ‘nada vai ser como vocês querem’. O diretor musical da Claudia Leitte humilhando e xingando os fãs dela, e fazendo piada homofóbica nos stories do Instagram. São todas surtadas, né? Já dizia o ditado: ‘Quem anda com porcos, farelo come’”, disparou um. “Ingrato com os fãs, mas f*da-se. Os fãs dessa mocreia merecem”, comentou outro. “Eles são podres, né?! Como pode”, revoltou-se um terceiro. “Que gente podre”, criticou mais um.

Polêmica ao seguir pastor

Em fevereiro de 2022, o público pediu, através das redes sociais, que a participação de Claudia Leitte na Micareta Salvador fosse cancelada. Isso porque a cantora começou a seguir nas redes sociais o pastor André Valadão.

“Que horas a milk [leite, em inglês] entra? Quero chegar depois”, perguntou um internauta. “Cancela a Claudia Leitte, por favor”, pediu outro.

Vale lembrar quer a maioria das pessoas que comparecerão ao evento fazem parte do público LGBTQIA+ e, em protesto, pedem pela substituição da cantora.



Fonte: Metrópoles


14/02/2024 – Paraiso FM

COMPARTILHE

SEGUE A @PARAISOFM897

(35) 3531-8007

[email protected]
Avenida Zezé Amaral, 1128 – Vila Ipê.  Cep: 37950000 – São Sebastião do Paraíso – MG      WhatsApp ouvinte: (35) 99910-6677

NO AR:
- PARAISO FM