NOTÍCIAS


Vice-prefeito é preso em operações contra corrupção no Hospital da Clínica e secretarias da Prefeitura de Itajubá, MG



De acordo com o MP, as ações investigam desvios de recursos públicos e privados do Hospital das Clínicas e o superfaturamento de serviços da frota veicular de secretarias municipais. O vice-prefeito de Itajubá, Nilo Baracho, foi preso durante duas operações contra corrupção deflagradas pelo Ministério Público na manhã desta terça-feira (20) em Itajubá (MG). De acordo com o MP, as ações investigam desvios de recursos públicos e privados do Hospital das Clínicas e o superfaturamento de serviços da frota veicular de secretarias municipais. 📲 Participe do canal do g1 Sul de Minas no WhatsApp De acordo com o MP, as operações foram nomeadas de Transfusão e Sepulcro Caiado. Foram expedidos 10 mandados de prisão, sendo quatro preventivas e seis temporárias, e 25 de busca e apreensão. Os mandados estão sendo cumpridos em Itajubá, Campos do Jordão (SP) e São José dos Campos (SP). O promotor do MP, Eduardo Machado, informou para a EPTV, afiliada Globo, que entre os presos estão o vice-prefeito Nilo Baracho, um empresário e quatro administradores do Hospital das Clínicas de Itajubá. MP faz operação contra corrupção em Itajubá, MG Ministério Público O g1 e a EPTV tentam contato com a defesa do vice-prefeito e dos outros envolvidos na operação. As operações O MP informou que as investigações são distintas, mas com um núcleo comum. A operação Transfusão apura desvios de recursos públicos e privados do Hospital das Clínicas de Itajubá. Os desvios teriam sido consentidos por alguns dos administradores em favor do atual secretário de Saúde e vice-prefeito de Itajubá. A denúncia atribuiu aos investigados os crimes de organização criminosa, peculato, corrupção ativa e passava e lavagem de dinheiro. Já a operação Sepulcro Caiado investiga a prática de desvio de recursos públicos por superfaturamento de serviços de manutenção da frota veicular das Secretarias de Saúde, Educação e Obras de Itajubá. MP faz operação contra corrupção em Itajubá, MG Ministério Público Ainda de acordo com o MP, o município fazia o pagamento de serviços mecânicos que não eram realizados por meio da falsa inserção de notas fiscais de peças nunca utilizadas nos veículos. Em contrapartida, agentes públicos recebiam valores para que os desvios pudessem ocorrer. Entre os agentes está o secretário de Saúde e vice-prefeito de Itajubá. As investigações foram realizadas pelas promotorias de Justiça de Itajubá, com apoio do Grupo de Atuação especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e da Coordenadoria Regional de Defesa do Patrimônio Público, ambas da regional Pouso Alegre. Veja mais notícias da região no g1 Sul de Minas

Fonte: G1


20/02/2024 – Paraiso FM

COMPARTILHE

SEGUE A @PARAISOFM897

(35) 3531-8007

[email protected]
Avenida Zezé Amaral, 1128 – Vila Ipê.  Cep: 37950000 – São Sebastião do Paraíso – MG      WhatsApp ouvinte: (35) 99910-6677

NO AR:
- PARAISO FM