NOTÍCIAS


UE pretende multar a Apple em R$ 2,6 bilhões por concorrência desleal


A União Europeia (UE) pretende impor uma multa de 500 milhões de euros (aproximadamente 539 milhões de dólares, cerca de 2,6 bilhões de reais) à Apple por supostamente atuar de forma desleal na concorrência no mercado de streaming de música. Isto marcaria a primeira vez que o bloco aplicou uma multa antitruste contra a gigante da tecnologia.

A notícia foi divulgada pelo Financial Times, citando cinco pessoas “com conhecimento direto da longa investigação”. O jornal disse que a penalidade deve ser anunciada no início do próximo mês.

Leia Mais:

A multa supostamente decorre de uma investigação em andamento lançada em 2019 após uma reclamação do Spotify, que acusou a Apple de abusar de sua posição dominante no mercado por meio das regras da App Store.

O CEO do Spotify, Daniel Ek, na época, disse que a Apple estava “essencialmente agindo como jogador e árbitro para prejudicar deliberadamente outros desenvolvedores de aplicativos”.

Em 2020, a Comissão Europeia lançou uma investigação sobre as regras da App Store da Apple no mercado europeu, procurando investigar, entre outras coisas, a controversa comissão de 30% – também conhecida como “imposto sobre aplicações” da Apple – que a companhia cobra de aplicações de terceiros. desenvolvedores em muitas taxas de assinatura. O imposto sobre aplicativos também se aplica a assinaturas rivais de streaming de música.

“As restrições da Apple podem distorcer a concorrência nos serviços de streaming de música nos dispositivos da Apple”, afirmou a Comissão Europeia em junho de 2020, quando prosseguiu com a investigação.

“Os concorrentes da Apple decidiram desativar completamente a possibilidade de assinatura no aplicativo ou aumentaram seus preços de assinatura no aplicativo e repassaram a taxa da Apple aos consumidores”, acrescentou a Comissão.

O escopo da investigação foi reduzido em 2023, concentrando-se na forma como a Apple restringe aplicativos como o Spotify de informar aos usuários sobre opções alternativas de assinatura. O bloco também retirou a acusação de pressionar os desenvolvedores a usarem seu próprio sistema de pagamento no aplicativo.

UE pretende multar a Apple em R$ 2,6 bilhões por concorrência deslealUE pretende multar a Apple em R$ 2,6 bilhões por concorrência desleal
UE pretende multar a Apple em R$ 2,6 bilhões por concorrência desleal. Foto: Unsplash

Mais recentemente, as fontes do Financial Times indicaram que a UE notificará formalmente a Apple das suas alegadas ações ilegais, considerando-as uma violação dos regulamentos de concorrência do bloco e classificando os termos da Apple como “condições comerciais injustas”. Além disso, a UE está preparada para proibir a Apple de impedir que os serviços de música redirecionem os utilizadores fora da App Store para alternativas mais baratas.

Noutra questão antitruste, Bruxelas está alegadamente em conversações com os concorrentes da Apple, sobre as concessões feitas pela empresa tecnológica, para responder às preocupações sobre a forma como a companhia restringe o acesso dos rivais ao seu sistema de pagamento móvel.

A gigante da tecnologia, com valor de mercado de US$ 2,8 trilhões, está sendo investigada por potencialmente ter infringido a lei na forma como opera o Apple Pay, um sistema de pagamentos que opera em centenas de milhões de dispositivos iPhone.

O momento do anúncio da Comissão sobre esta questão ainda não foi determinado, de acordo com as fontes do Financial Times, embora tenham esclarecido que isso não alterará o curso da investigação antitruste em curso.

A última medida da UE significa a sua crescente assertividade na regulação do poder das grandes empresas tecnológicas. O bloco já tomou medidas contra outros gigantes da tecnologia, como Google e Amazon, por violações antitruste. A Apple, que nunca foi multada por violações antitruste por parte da UE, incorreu anteriormente numa multa de 1,1 milhões de euros (1,2 milhões de dólares) em França, que mais tarde foi reduzida para 372 milhões de euros (401 milhões de dólares) após um recurso.



Fonte: POPline


20/02/2024 – Paraiso FM

COMPARTILHE

SEGUE A @PARAISOFM897

(35) 3531-8007

[email protected]
Avenida Zezé Amaral, 1128 – Vila Ipê.  Cep: 37950000 – São Sebastião do Paraíso – MG      WhatsApp ouvinte: (35) 99910-6677

NO AR:
AO VIVO - PARAISO FM