NOTÍCIAS


Renata Kuerten sobre unir trabalho e maternidade: “Desafio constante”


Conciliar trabalho e maternidade é uma luta constante, presente na vida de muitas mulheres brasileiras. E Renata Kuerten está inserida nessa realidade, já que apresenta o Esquadrão da Moda, no SBT, e divide seu tempo com os cuidados de Lorena, que completou 1 ano em outubro.

No bate-papo exclusivo com a coluna, a modelo ainda deu conselhos para os jovens que sonham com a carreira nas passarelas e revelou o desejo de aumentar a família ainda este ano.

Veja a entrevista completa

Como é estar à frente do programa Esquadrão da Moda?
Apresentar o programa e fazer parte desse time tem sido uma experiência que me enche de gratidão todos os dias. É uma oportunidade única de usar minha paixão pela moda para impactar positivamente a vida das pessoas. Ser parte de um programa que, além de entreter, ajuda a transformar não apenas a aparência, mas também a autoestima e a confiança de tantas mulheres tem sido verdadeiramente inspirador. Cada episódio é uma jornada emocionante, onde testemunhamos a evolução pessoal e a beleza única de cada um.

Você vai comandar o programa pelo terceiro ano consecutivo. Para você, o que mudou do primeiro para agora?
Tem sido maravilhoso apresentar o programa! É um aprendizado contínuo e também de crescimento pessoal. Desde o início, tenho visto o programa evoluir, não apenas em termos de formato e produção, mas também na maneira como estamos impactando a vida das participantes e dos telespectadores. Para mim, o que mais mudou desde o primeiro ano é a minha própria abordagem e estilo na apresentação. Sinto que me torno cada vez mais confiante e assertiva em minha atuação como apresentadora. E isso reflete diretamente na qualidade do produto final e na forma como me conecto com o público.

0

Qual é o maior desafio em comandar o Esquadrão da Moda? E o que mais te surpreende?
O maior desafio é encontrar o equilíbrio entre ser honesta e compassiva. É importante oferecer conselhos sinceros e diretos, mas sem perder a empatia e a sensibilidade para com as histórias pessoais das participantes. Cada caso é único e é essencial encontrar a abordagem certa para cada pessoa. O que mais me surpreende é a capacidade de superação e a gratidão das participantes. Ver a transformação não apenas na aparência, mas também na autoconfiança e na atitude delas é verdadeiramente inspirador e reafirma a importância do nosso trabalho.

Como faz para conciliar a correria do trabalho com a maternidade?
Costumo dizer que isso é um desafio constante, mas também uma fonte inesgotável de alegria e realização. Ser mãe tem sido uma das experiências mais gratificantes da minha vida, e a Lorena é a minha maior prioridade sempre. Encontrar o equilíbrio entre minha carreira e minha vida pessoal requer muita organização, apoio da minha família e da equipe que trabalha comigo. Mas cada momento que passo com minha filha é precioso. Isso me motiva a ser a melhor mãe e também a profissional de exemplo para ela.

Hoje, há muitos debates sobre a romantização da maternidade. Como tem sido para você?
Sabe, essa romantização é um tema importante e complexo de se falar. Como eu disse, ser mãe é uma experiência única e transformadora, mas também é desafiadora e diferente para cada mulher. Eu tive momentos delicados de altos e baixos. Nisso, acredito que é fundamental ser honesta sobre os aspectos positivos e negativos do período da maternidade, para que outras mulheres não se sintam pressionadas a alcançar um padrão inatingível. Para mim, é importante compartilhar minha jornada como mãe de forma autêntica e realista, para que outras mulheres se sintam apoiadas e empoderadas em sua própria jornada materna.

Qual a maior transformação que a maternidade trouxe para você?
Trouxe uma nova dimensão para minha vida. Ser mãe me fez repensar minhas prioridades, valorizar ainda mais os momentos simples com a pequena Lorena e encontrar uma nova profundidade de amor e gratidão. Cada dia ao lado dela é uma oportunidade de aprendizado e crescimento mútuo, e sua presença em nossas vidas trouxe uma nova luz e significado para cada momento.

Pensa em aumentar a família?
Penso sim. Essa ideia de aumentar a família é algo que sempre esteve presente nos meus planos e do meu marido, mas no momento estou focada em aproveitar cada momento com minha filha e garantir que ela receba toda a atenção e amor que merece. Quem sabe em 2024 o forninho fica cheio de novo (risos).

Além de apresentadora, você é modelo. Como concilia as duas coisas?
Não acho que seja um problema. Conciliar minha carreira como apresentadora e modelo são complementares, elas andam juntas, lado a lado! Ambas as áreas me apaixonam e me permitem expressar minha criatividade e personalidade. Encontro maneiras de integrar as duas facetas na minha vida, buscando projetos que me permitam explorar minha paixão pela moda e pela comunicação de maneiras complementares. Meu programa fala de moda, né? (risos).

O que você diria para jovens que querem começar uma carreira de modelo no Brasil?
Minha principal dica seria investir em si mesmo, tanto no aspecto físico (cuidem da saúde), quanto no desenvolvimento pessoal. É importante cultivar confiança, disciplina e determinação, além de buscar oportunidades de aprendizado e networking na indústria da moda. Não se trata apenas de ter uma boa aparência, mas também de desenvolver habilidades de comunicação, postura e resiliência. E, acima de tudo, nunca deixem de acreditar em si mesmos e no seu potencial para realizar seus sonhos.



Fonte: Metrópoles


25/02/2024 – Paraiso FM

COMPARTILHE

SEGUE A @PARAISOFM897

(35) 3531-8007

[email protected]
Avenida Zezé Amaral, 1128 – Vila Ipê.  Cep: 37950000 – São Sebastião do Paraíso – MG      WhatsApp ouvinte: (35) 99910-6677

NO AR:
- PARAISO FM