NOTÍCIAS


Processo de briga entre Marcos Braz e torcedor é arquivado


O processo judicial aberto após a briga entre o vice-presidente do Flamengo, Marcos Braz, e o torcedor do clube Leandro Campos, que aconteceu em setembro do ano passado, foi arquivado pela Justiça.

De acordo com o portal Leo Dias, o caso ganhou um encerramento após as partes fazerem um acordo, selado pela juíza Simone Cavalieri Frota depois da solicitação feita pelo Ministério Público. O rapaz manifestou o desejo de retirar a denúncia depois de os dois assinarem o acordo.

Os dois se estranharam, em setembro do ano passado, dentro de um shopping da  Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio.

Proteção após a briga

Após brigar e morder a virilha de um torcedor do Flamengo, Marcos Braz, vice-presidente do rubro-negro, foi visto malhando tranquilamente na Body Tech, localizada no Cittá América, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. A coluna soube que ele só estava tão em paz porque tinha quatro seguranças em sua companhia.

0

De acordo com a fonte exclusiva da coluna, enquanto o dirigente estava fazendo exercícios, o time responsável pela sua proteção ficou esperando numa lanchonete dentro da unidade. No final do treino ele foi até a lanchonete e os profissionais ficar o esperando na porta. Mais cedo, Braz prestou esclarecimentos sobre o episódio de agressão numa coletiva de imprensa.

Segundo Marcos, que no momento do incidente se encontrava ao lado de sua filha, de 14 anos, dois ou três homens o atacaram verbalmente, ameaçando-o de morte, enquanto olhava uma vitrine. Antes da confusão, ele teria pedido para que eles respeitassem a presença da menina, o que foi negado.

Marcos Braz, que também é vereador, afirmou que não estava com seguranças no momento da pancadaria e que só reagiu porque desrespeitaram a presença da adolescente. Ele pediu desculpas e lembrou que nunca se estranhou com nenhum torcedor do clube carioca.

O Flamengo não vem passando por uma boa fase. Disputando a final da Copa do Brasil, perdeu para o São Paulo em casa, no Maracanã lotado e vai competir, na partida de volta, valendo título, na casa do adversário. Por conta desses problemas, os simpatizantes do rubro-negro têm se manifestado contra a atual diretoria.

Entenda a treta

O clima no Flamengo ficou tenso após a derrota do Rubro-Negro para o São Paulo na final da Copa do Brasil. No dia 19 de setembro, Marcos Braz, vice-presidente de futebol do time carioca, foi flagrado aos socos e pontapés com um homem em um shopping no Rio de Janeiro.

No vídeo, publicado nas redes sociais do jornalista Venê Casagrande, o cartola do Flamengo aparece, junto com outras pessoas, chutando o homem.



Fonte: Metrópoles


24/02/2024 – Paraiso FM

COMPARTILHE

SEGUE A @PARAISOFM897

(35) 3531-8007

[email protected]
Avenida Zezé Amaral, 1128 – Vila Ipê.  Cep: 37950000 – São Sebastião do Paraíso – MG      WhatsApp ouvinte: (35) 99910-6677

NO AR:
- PARAISO FM