NOTÍCIAS


Perícia indica que aluno da UnB foi assassinado em fundo de quintal


Uma perícia da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) aponta que Lucas da Silva Resende Monte (foto em destaque) pode ter sido golpeado e morto no mesmo local em que o corpo foi encontrado: no fundo do quintal da casa do seu amigo. Toda a residência passou por testes com luminol para localizar possíveis vestígios de sangue, mas não houve identificação de marcas, nem mesmo lavadas.

Lucas, estudante de educação física na Universidade de Brasília (UnB) de 20 anos, foi encontrado sem vida com sinais de violência dentro do condomínio Alto da Boa Vista, em Sobradinho. Ele apresentava perfurações no peito e suspeita-se que uma faca de cozinha tenha sido utilizada para atingi-lo.

Segundo o depoimento do colega dele e morador da casa onde o corpo de Lucas foi encontrado, no sábado (10/2), ele, o estudante de educação física, e outras duas pessoas estavam em um bloco de Carnaval no Setor Comercial Sul. De lá, decidiram ir para a casa dele, em Sobradinho.

O grupo teria chegado na residência por volta das 2h da madrugada. O colega contou à polícia que, durante a tarde de sábado, entre 15h e 16h, sentiram falta Lucas e perceberam que os pertences dele ainda estavam na casa.

O dono da casa ainda contou que o grupo chegou a sair para procurar pelo estudante, mas não o encontraram.

0

Desconforto

O morador do imóvel relatou ainda que soube de “um fato que causou desconforto em Lucas” e que o universitário teria tentado “ficar” com um dos colegas dentro da casa, mas foi rejeitado. Teria sido após a negativa, que Lucas supostamente deixou o local “por uma saída lateral”.

O amigo ainda relatou que houve consumo de droga na residência. Segundo ele, Lucas teria usado LSD e maconha no dia em que desapareceu.

Corpo encontrado

Lucas estava desaparecido desde 10 de fevereiro. O corpo do estudante estava na casa do colega que o jovem tinha ido visitar e foi encontrado nesta terça-feira (13/2). A vítima foi assassinada com diversos golpes de faca, segundo investigações da 35ª Delegacia de Polícia (Sobradinho).

Pai da vítima, o servidor público Rodrigo Monte, 42, contou ao Metrópoles que, no dia do desaparecimento, um dos colegas de Lucas entrou em contato com ele e disse que o estudante havia sumido.



Fonte: Metrópoles


13/02/2024 – Paraiso FM

COMPARTILHE

SEGUE A @PARAISOFM897

(35) 3531-8007

[email protected]
Avenida Zezé Amaral, 1128 – Vila Ipê.  Cep: 37950000 – São Sebastião do Paraíso – MG      WhatsApp ouvinte: (35) 99910-6677

NO AR:
- PARAISO FM