NOTÍCIAS


Operação policial prende envolvidos com extorsão e atentados contra comerciantes no PA, AM e SC



Entre os presos está a liderança de grupo criminoso, que comandava ações envolvendo até incêndios criminosos em veículos e estabelecimentos. Operação prende envolvidos com extorsão e atentados contra comerciantes no PA, AM e SC. Reprodução / Agência Pará Seis pessoas foram presas preventivamente pela Polícia Civil do Pará pelos crimes de extorsão e atentado praticados contra comerciantes no Pará e também nos estados do Amazonas e Santa Catarina. Mandados de busca e apreensão também foram cumpridos pelos policiais. O delegado-geral da PC-PA, Walter Resende, informou que a operação intitulada Autárcia ocorreu nos dias 8 e 9 de fevereiro para desarticular organização criminosa que, no Pará, é responsável por extorquir e atacar empresários e comerciantes na região metropolitana de Belém, interior, principalmente na cidade de Castanhal. Compartilhe esta notícia no WhatsApp Compartilhe esta notícia no Telegram Segundo a PC, a liderança do grupo criminoso, que comandava as ações envolvendo até incêndios criminosos em veículos e estabelecimentos, foi identificada e presa no Amazonas na segunda fase da operação. O mandante também era investigado pela Delegacia do Jaderlândia, em Castanhal. De acordo com o delegado Juliano Corrêa, da Divisão de Repressão ao Crime Organizado, “foi feito monitoramento da atuação das facções criminosas violentas que vinham exercendo ações ilegais, notadamente extorsões em bairros de Belém, como Tapanã e Tenoné”. “Além da identificação dos executores do crime, que interagem diretamente com as vítimas, prendemos uma das lideranças que coordenava os atos criminosos. A partir de agora, as investigações seguem com o foco da identificação e desarticulação de outros núcleos do grupo criminoso”, afirmou Corrêa. ✅Clique e siga o canal do g1 Pará no WhatsApp Outros dois suspeitos foram presos em Santa Catarina. Já no bairro do Tapanã, foram presos três envolvidos. Um dos procurados foi encontrado em posse de substâncias entorpecentes, além de uma capa de colete balístico. Na primeira fase da operação “Autárcia”, sete pessoas, integrantes da mesma facção criminosa, que praticavam os crimes no bairro do 40 Horas, em Ananindeua, tinham sido presas, totalizando nas duas fases, 13 investigados presos. As equipes permanecem empenhadas na realização de buscas para a identificação de outros envolvidos, segundo a PC. A ação foi realizada pelas equipes da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e da Delegacia de Repressão a Facções Criminosas (DRFC), com o apoio do Núcleo de Inteligência Policial (NIP) e do Núcleo de Apoio à Investigação (NAI) de Castanhal. VÍDEOS: assista às notícias do Pará Leia as últimas notícias do estado no g1 Pará

Fonte: G1


09/02/2024 – Paraiso FM

COMPARTILHE

SEGUE A @PARAISOFM897

(35) 3531-8007

comercial@paraisofm.com.br
Avenida Zezé Amaral, 1128 – Vila Ipê.  Cep: 37950000 – São Sebastião do Paraíso – MG      WhatsApp ouvinte: (35) 99910-6677

NO AR:
- PARAISO FM