NOTÍCIAS


Netanyahu divulga documento com detalhes do que planeja para Faixa de Gaza depois que acabar a guerra contra o Hamas


Um porta-voz da Autoridade Palestina, que controla a Cisjordânia, declarou que o projeto do primeiro-ministro de Israel está fadado ao fracasso e que é preciso pôr um fim à ocupação de terras palestinas. Primeiro-ministro de Israel divulga, pela 1ª vez, documento com detalhes do que planeja pra Gaza depois que acabar a guerra O primeiro-ministro de Israel divulgou, pela primeira vez, um documento com detalhes do que planeja para Faixa de Gaza depois que acabar a guerra contra o Hamas. O plano de Benjamin Netanyahu propõe uma ocupação militar em território palestino por tempo indeterminado. Israel controlaria a segurança de toda a área a oeste da Jordânia, com operações terrestres, aéreas e marítimas. No sul da Faixa de Gaza, na fronteira com o Egito, seria criada uma espécie de zona de circulação restrita, para evitar contrabandos de armas e munição. Enquanto isso, a política local ficaria a cargo dos próprios palestinos, mas apenas por indivíduos sem vínculos com grupos terroristas. O primeiro-ministro israelense apresentou o plano na noite de quinta-feira (22) ao primeiro escalão do governo. O documento ainda prevê uma desmilitarização de Gaza para garantir a manutenção da ordem pública e um programa de des-radicalização em escolas e templos religiosos, com a participação de entidades de países árabes. Um porta-voz da Autoridade Palestina, que controla a Cisjordânia, declarou que o projeto de Benjamin Netanyahu está fadado ao fracasso e que é preciso pôr um fim à ocupação de terras palestinas. Enquanto isso, na Europa, representantes do Catar e do Egito – que mantêm contato direto com chefes do Hamas – se encontraram nesta sexta-feira (23) com autoridades israelenses e americanas. Essa nova rodada de negociações, em Paris, tentou avançar na construção do principal acordo para acabar com o conflito que já dura mais de quatro meses. Em conversas com os egípcios, nesta semana, representantes políticos do Hamas afirmaram que concordam com a libertação dos reféns israelenses desde que Israel solte prisioneiros palestinos e retire as tropas da Faixa de Gaza. Israel já indicou que concorda com uma pausa nos contra-ataques, mas não com um cessar-fogo permanente. Benjamin Netanyahu já declarou, por diversas vezes, que a guerra só vai acabar depois do extermínio do Hamas. LEIA TAMBÉM Netanyahu anuncia pela 1º vez planos para Gaza quando a guerra entre Israel e Hamas acabar Por que imagens de satélite de obras na fronteira de Gaza com o Egito geram alerta internacional

Fonte: G1


23/02/2024 – Paraiso FM

COMPARTILHE

SEGUE A @PARAISOFM897

(35) 3531-8007

[email protected]
Avenida Zezé Amaral, 1128 – Vila Ipê.  Cep: 37950000 – São Sebastião do Paraíso – MG      WhatsApp ouvinte: (35) 99910-6677

NO AR:
- PARAISO FM