NOTÍCIAS


“Não estou à procura de nada”, diz Valesca Popozuda sobre solteirice


Solteira e vivendo a vida sem buscar nenhum compromisso. É assim que Valesca Popozuda define seu momento atual. A cantora conversou conversou com a coluna, com exclusividade, após desfilar como musa da Porto da Pedra e ir para um camarote curtir a noite.

Ao ser questionada sobre a solteirice, Valesca definiu: “Tô vivendo. Tô solteira, mas tô vivendo e não estou à procura de nada. O que acontecer, acontece, deixa rolar naturalmente. Não venho pra cá pensando que eu vou entregar, deixo acontecer, se rolar rolou. VIm pra curtir, me jogar, não vim procurar um ficante, um relacionamento, nada”, afirmou.

Ela ainda comentou sobre sua fantasia, que recebeu o nome de Colorido da Arte Sem Fim: “Eu vim com essa minha fantasia representando toda a classe, toda a galera que eu amo de paixão, que a galera da LGBT. Que é minha fantasia era LGBT pura”, brincou.

Pouco antes de entrar na Passarela do Samba, ela já havia falado com a imprensa e comentou a afronta para Rodriguinho na festa do BBB24, quando rebolou na frente do cantor.

0

“Eu não tenho problema nenhum com o Rodriguinho, eu tenho até uma música com ele, que a gente gravou lá atrás, na época da Gaiola das Popozudas. Só que, assim, respeito algumas falas dele, mas não concorto. Mas contra ele não tenho nada”.

Entenda a polêmica com Rodriguinho

Depois de Valesca Popozuda virar assunto após participar do BBB24 e gerar uma polêmica com Rodriguinho, a coluna Fábia Oliveira conversou, com exclusividade, com a cantora para ficar sabendo se foi coincidência ou afronte dançar na frente do pagodeiro, que costuma não dar muita atenção para os shows nas festas do reality da TV Globo.

“Não foi nem um afronte ao Rodriguinho. Eu o conheço daqui de fora, temos uma música juntos. Tenho absolutamente nada contra. Para vocês terem noção, não estou nem com tempo para acompanhar o programa do jeito que eu gostaria, por conta da agenda de shows”, começou ela, antes de completar:

“Minha única questão mesmo, que eu acho que já era um desconforto geral, eram sobre as falas dele sobre as apresentações lá na casa. Eu queria cantar minha música nova, Taca o xerecão no chão, com todos, nem tinha visto ele se levantar enquanto eu cantava. Fiquei surpresa com todo reboliço aqui fora, quando saí do palco. Não fiz ele dançar, mas fiz ele levantar (risos)”, brincou.



Fonte: Metrópoles


12/02/2024 – Paraiso FM

COMPARTILHE

SEGUE A @PARAISOFM897

(35) 3531-8007

comercial@paraisofm.com.br
Avenida Zezé Amaral, 1128 – Vila Ipê.  Cep: 37950000 – São Sebastião do Paraíso – MG      WhatsApp ouvinte: (35) 99910-6677

NO AR:
AO VIVO - PARAISO FM