NOTÍCIAS


“Não dá para acreditar”: colegas lamentam morte de policial em assalto


São Paulo – O policial civil Paulo Henrique da Silva, morto durante assalto na tarde dessa terça-feira (6/2) no bairro da Pompéia, zona oeste de São Paulo, era investigador da 4ª Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE), do Denarc, e tinha 45 anos. Ele foi socorrido no Hospital São Camilo, onde foi submetido a uma cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos.

Imagens das câmeras de segurança mostram o bandido conversando com o policial e, em alguns instantes, anuncia o assalto. Os dois entram em luta corporal e o policial é baleado. O criminoso fugiu com a arma do investigador. Ainda não se sabe se o bandido estava tentando roubar o objeto ou a moto da vítima.

Assista:

Nas redes sociais, Paulo Henrique da Silva recebeu diversas homenagens de amigos e familiares, que lamentaram sua morte.

“Não dá pra acreditar que um maldito tenha feito isso com você irmão, que Jesus Cristo o receba de braços abertos e que Deus conforte o coração dos familiares e amigos!”, disse um ex-colega de trabalho.

“Descanse em paz meu irmão e que Deus o receba em seus braços e conforte familiares e amigos”, afirmou outro.

Uma mulher disse ter presenciado o assalto que terminou na morte do policial. “Eu estava assistindo em tempo real, mas não parecia que era um assalto. A moto do assass4no ficou estacionada lado a lado com a moto do policial por uns segundos parados, estacionados. Não entendi nada. Descanse em paz, guerreiro!”, disse ela.

Informações sobre o velório e o sepultamento de Paulo Henrique Dias ainda não foram divulgadas por familiares.



Fonte: Metrópoles


07/02/2024 – Paraiso FM

COMPARTILHE

SEGUE A @PARAISOFM897

(35) 3531-8007

[email protected]
Avenida Zezé Amaral, 1128 – Vila Ipê.  Cep: 37950000 – São Sebastião do Paraíso – MG      WhatsApp ouvinte: (35) 99910-6677

NO AR:
- PARAISO FM