NOTÍCIAS


Ministros de Lula estranharam um detalhe na operação contra Bolsonaro


Ministros do núcleo duro do governo Lula estranharam um detalhe da mais recente operação da Polícia Federal contra Jair Bolsonaro e auxiliares: a ausência de parlamentares na lista dos alvos.

Em conversas reservadas, auxiliares do atual presidente da República chamaram a atenção para o fato de a operação da quinta-feira (8/2) não ter atingido nenhum parlamentar bolsonarista.

Diante desse cenário, a aposta no Palácio do Planalto é de que a PF deverá realizar uma nova fase da Operação Tempus Veritatis, desta vez mirando apenas deputados federais e senadores.

Autorizada pelo STF, a operação da quinta apreendeu o passaporte de Bolsonaro e proibiu o ex-presidente de manter contato com outros investigados, mesmo que por meio de advogados.

A PF também realizou buscas na casa de ex-ministros e aliados de Bolsonaro e na sede do PL, além de ter prendido ao menos dois ex-assessores dele: Filipe Martins e Marcelo Câmara.

A operação investiga investiga suposta organização criminosa que atuou na tentativa de “golpe de Estado” para manter Bolsonaro no poder, após a derrota nas eleições de 2022.

Nas últimas semanas, parlamentares bolsonaristas também foram alvos da PF, mas em outras investigações. Entre eles, Alexandre Ramagem e Carlos Jordy, ambos do PL do Rio de Janeiro.



Fonte: Metrópoles


09/02/2024 – Paraiso FM

COMPARTILHE

SEGUE A @PARAISOFM897

(35) 3531-8007

comercial@paraisofm.com.br
Avenida Zezé Amaral, 1128 – Vila Ipê.  Cep: 37950000 – São Sebastião do Paraíso – MG      WhatsApp ouvinte: (35) 99910-6677

NO AR:
AO VIVO - PARAISO FM