NOTÍCIAS


Dívida pública federal sobe e atinge R$ 6,5 trilhões em 2023


A dívida pública federal cresceu em 2023 na comparação com 2022 e fechou o ano em R$ 6,5 trilhões, segundo dados divulgados nesta terça-feira (30/1) pelo Tesouro Nacional no Relatório Anual da Dívida. Em 2022, a dívida havia crescido R$ 5,9 trilhões.

A previsão oficial era que a dívida encerrasse o ano passado entre R$ 6,4 trilhões e R$ 6,8 trilhões. Portanto, apesar do crescimento, o resultado ficou dentro do esperado.

O estoque da dívida inclui os débitos do governo no Brasil e no exterior. A dívida pública é emitida pelo governo federal para financiar as despesas que superam a arrecadação com impostos, contribuições e outras receitas.

O que diz o governo

O Tesouro ressalta, no relatório, que o ano de 2023 foi caracterizado por desafios no cenário econômico, tanto doméstico quanto internacional, mas também foi um ano de importantes marcos e realizações para dívida pública brasileira, em especial com relação à agenda de sustentabilidade.

O documento ainda cita incertezas acerca dos movimentos de política monetária dos bancos centrais norte-americano e europeu, desaceleração da economia chinesa e conflitos geopolíticos.

No âmbito doméstico, o Tesouro ressalta medidas com importante potencial de impacto macroeconômico – em especial, o novo Marco Fiscal e a reforma tributária, que, diz o órgão, “representaram importantes avanços institucionais”.

O arrefecimento da inflação, que permitiu o início de um processo de flexibilização da política monetária, também é citado com uma contribuição para a dinâmica da dívida pública.

Inflação no Brasil termina 2023 em 4,62% e fica abaixo do teto da meta

Também é ressaltado o fato de que o Brasil obteve upgrade de BB- para BB, por parte de duas das principais agências de classificação de risco (Fitch e S&P).

“O Tesouro Nacional reafirma a relevância da atual agenda de reformas, com vistas à promoção da responsabilidade fiscal, social e ambiental, favorecendo o desenvolvimento sustentável e a melhora das condições macroeconômicas e financeiras”, conclui o relatório.



Fonte: Metrópoles


30/01/2024 – Paraiso FM

COMPARTILHE

SEGUE A @PARAISOFM897

(35) 3531-8007

comercial@paraisofm.com.br
Avenida Zezé Amaral, 1128 – Vila Ipê.  Cep: 37950000 – São Sebastião do Paraíso – MG      WhatsApp ouvinte: (35) 99910-6677

NO AR:
- PARAISO FM