NOTÍCIAS


Dengue avança 16% em 4 dias na região e chega 4,7 mil casos


PASSOS – O número de casos prováveis de dengue aumentou 16,6% em quatro dias na região. Até a última quinta-feira, 15, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais registrava 4.116 notificações da doença nos 27 municípios que fazem parte da Superintendência Regional de Saúde (SRS) de Passos. Nesta segunda-feira, 19, o número subiu para 4.799, sendo que 1.724 deles já estão confirmados.

Ibiraci, com alta de 160% nos casos prováveis, é o município com maior aumento no período, seguido por São João Batista do Glória (88%), Alpinópolis (81%), Guapé (75%), São Sebastião do Paraíso (52,1%), Bom Jesus da Penha e Pratápolis (50%), Cássia (49%), Carmo do Rio Claro (39%) e Fortaleza de Minas (29%). Em Passos, cidade com maior número de casos prováveis na região, o aumento foi de 17,8%.

Nos casos confirmados, a região teve alta de 11,.09% entre os dias 15 e 19 deste mês. Segundo a SES, as confirmações de casos de dengue subiram de 1.552 para 1.724 no período.

Incidência

Das 27 cidades que integram a SRS-Passos, 13 apresentam taxas de incidência de casos consideradas muito altas no Painel de Monitoramento de Casos de Arboviroses . Em sete delas, os índices superam os mil casos por 100 mil habitantes, com as maiores taxas em Pimenta (6.644,87), Piumhi (3.078,03), Capetinga (2.026,82), Vargem Bonita (1.575,53) e Passos (1.561,56).

Também aparecem com taxas muito altas os municípios de Delfinópolis, Cássia, Monte Santo de Minas, Fortaleza de Minas, Itaú de Minas, Doresópolis, Guapé e Capitólio. Com índices considerados altos estão as cidades de Alpinópolis, Paraíso e Carmo do Rio Claro.

Segundo dados do painel, a taxa de incidência é considerada média nos municípios de Claraval, Ibiraci, Bom Jesus da Penha, Nova Resende, São José da Barra, São Roque de Minas, Itamogi e São João Batista do Glória.

Os municípios de São Tomás de Aquino, Pratápolis e Jacuí são os únicos que aparecem com taxas consideradas baixas na região.

Minas

No estado, até esta segunda-feira, segundo boletim relativo à sétima semana epidemiológica deste ano, já são 218.265 casos prováveis (casos notificados, exceto os descartados) de dengue, sendo 75.310 deles já confirmados para a doença. Até ontem, Minas registrava 19 óbitos confirmados por dengue no estado e 122 estão em investigação.

Em relação à febre Chikungunya, Minas tem 25.522 casos prováveis da doença, sendo 16.907 deles já confirmados. Até o momento, quatro óbitos foram confirmados por Chikungunya em Minas Gerais e 14 estão em investigação.

Quanto ao vírus zika, até o momento, foram registrados 22 casos prováveis. Foi confirmado um caso da doença. Não há óbitos confirmados ou em investigação por zika.

2023

No boletim da sétima semana epidemiológica de 2023, divulgado no dia 23 de fevereiro do ano passado, Minas Gerais registrava 42.589 casos prováveis dengue, sendo 11.658 confirmados, quatro óbitos e 15 óbitos em investigação.

Em relação à febre chikungunya, o estado havia registrado foram registrados 16.607 casos prováveis, sendo 4.054 confirmados. No ano passado, até dia 23 de fevereiro, Minas não havia registrado óbito em decorrência de chikungunya.

 

O post Dengue avança 16% em 4 dias na região e chega 4,7 mil casos apareceu primeiro em Folhadamanha.



Fonte: Folha da Manhã


19/02/2024 – Paraiso FM

COMPARTILHE

SEGUE A @PARAISOFM897

(35) 3531-8007

[email protected]
Avenida Zezé Amaral, 1128 – Vila Ipê.  Cep: 37950000 – São Sebastião do Paraíso – MG      WhatsApp ouvinte: (35) 99910-6677

NO AR:
- PARAISO FM