NOTÍCIAS


Candangão: Brasiliense fica no empate sem gols contra o Paranoá


Pela quarta rodada do Candangão, Brasiliense e Paranoá garantiram um ponto cada na tabela ao empatarem em 0 x 0, na manhã deste sábado (3/2). O jogo na Boca do Jacaré teve poucas emoções e destaque para a forte marcação das equipes, que não deram espaços para que os meias trabalhassem a bola com qualidade.

O empate manteve o Jacaré momentaneamente dentro do G4 da competição, ocupando o quarto lugar, com sete pontos. O próximo desafio será o clássico contra o Gama, na quarta-feira (7/2), às 20h30, no Bezerrão.

0

O jogo

Bem amarrado no meio campo, o jogo teve poucas ações ofensivas na primeira etapa. O Paranoá chegou a controlar nos primeiros minutos, mas só conseguiu ameaçar pela primeira vez com 11’ no cronômetro. Dedé cabeceou por cima o escanteio cobrado por Wismam.

0

A investida do Jacaré foi logo após, com 13 minutos. Joãozinho dominou na porta direita, limpou a marcação e rolou para Tarta, chegando de trás para finalizar de primeira rente ao travessão.

As chances criadas pelo Paranoá foram as mais claras na primeira metade do jogo, explorando muito o lado direito do campo. Aos 17’, Wismam entrou na área com um corte na defesa e bateu cruzado. Ravel rebateu para o meio e Aldo afastou mal nos pés de William Jr., que isolou o chute. Com 20’, Valter Bala recebeu uma ligação direta da defesa, tirou Ravel com um toque de cabeça e, mesmo com o gol aberto, finalizou no alto pela linha de fundo.

Aos 36’, o Jacaré começou a acertar o passe até chegar ao gol adversário. Rodando a bola, Romário achou Tobinha dentro da área para chutar em cima do zagueiro Luiz Fernando. No rebote, Tarta bateu fraco para fora. No minuto seguinte, Bernardo saiu na cara do gol e finalizou tirando do goleiro. Mais uma vez, Luiz Fernando apareceu para tirar quase em cima da linha.

O final da primeira etapa era de um perde e ganha no meio e com espaços nas defesas. Aos 42’, Wismam quis surpreender Revel com um chute de longe, que saiu sem potência. O goleiro do Jacaré encaixou a bola sem sustos.

Com 46 jogados, foi a vez do Brasiliense construir o último ataque antes do intervalo. Tarta tabelou com Joãozinho e Bernardo na direita. O camisa 10 saiu mais uma vez em um mano a mano com Alexandre, mas o arqueiro do Paranoá levou a melhor.

O segundo tempo

O segundo tempo também teve um ritmo lento no começo. Com muita dificuldade de furar o bloqueio amarelo, o Paranoá usou chutes de longa distância para chegar ao gol. Aos 16’, William Jr. arriscou em cima de Ravel, que encaixou a bola. Com 22’, Alemão balançou na frente da defesa e bateu rasteiro para fora.

Com a mesma dificuldade de infiltrar trabalhando a bola, o Jacaré usava o contra golpe como arma. Aos 25’, Joãozinho arrastou do meio até a ponta e bateu cruzado, em cima do zagueiro Dedé. Três minutos depois, Tarta carregou pelo meio e soltou o pé por cima da meta.

A melhor chance do Jacaré aconteceu aos 35 minutos. Joãozinho puxou o contra golpe, tocou para Yan Lima na meia lua, que serviu Matheus Faleiro para um chute perigoso rente a trave. Dependo do ângulo em que se viu o lance, a impressão foi que a bola balançou a rede.

Dos 39 minutos em diante, as equipes só chutavam de longa distância, mas todas as tentativas sem êxito. O zero persistiu no placar e garantiu um ponto para cada equipe.

BRASILIENSE 0 x 0 PARANOÁ

Candangão – primeira fase – terceira quarta

03/02/2024, 10h – Boca do Jacaré, Taguatinga-DF

window._taboola = window._taboola || []; _taboola.push({ mode: “rec-reel-2n5-a”, container: “taboola-mid-article-reco-reel”, placement: “Mid Article Reco Reel”, target_type: “mix” });

Árbitro: Pedro Alves de Oliveira
Árbitro Assistente 1: Daniel Henrique
Árbitro Assistente 2 : Josieliton Silva
Quarto Árbitro: Brehmer de Souza Lemes

BRASILIENSE

Ravel; Netinho (Caetano), Igor Morais, Gustavo Henrique e Romário; Aldo, Tarta e Bernardo (Lila); Tobinha (Matheus Falero), Joãozinho e Allan Dias (Yan Lima)

Técnico: Luis dos Reis

Cartões amarelos: Lila

PARANOÁ

Alexandre; Alanderson (Douglas Rato), Luiz Fernando, Dedé e Elivelton (Fernando); Alemão, Geovane e William Jr.; André Paulista (Gabriel), Valter Bala e Wisman (Rafael)

Técnico: Agnaldo Lins

Cartões amarelos: Geovane e Alemão

 

 



Fonte: Metrópoles


03/02/2024 – Paraiso FM

COMPARTILHE

SEGUE A @PARAISOFM897

(35) 3531-8007

comercial@paraisofm.com.br
Avenida Zezé Amaral, 1128 – Vila Ipê.  Cep: 37950000 – São Sebastião do Paraíso – MG      WhatsApp ouvinte: (35) 99910-6677

NO AR:
- PARAISO FM