NOTÍCIAS


Atendimentos a casos suspeitos de dengue aumentam 7 vezes e Campinas passa de 1 mil em uma semana



Números levam em consideração atendimentos realizados na rede pública municipal. Desde o início do ano, 2,3 mil casos foram confirmados. IMAGEM DE ARQUIVO: UPA Campo Grande, em Campinas Arthur Menicucci/g1 Em meio à explosão de casos da dengue em todo o estado, Campinas (SP) registrou aumento no número de pacientes com suspeita da doença. De 158 atendimentos no fim de dezembro, a metrópole passou para 1.113 no início de fevereiro, segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde. 🏥 O índice sete vezes maior leva em consideração os atendimentos realizados nos Centros de Saúde, Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e os prontos-socorros da Rede Mário Gatti de Urgência, Emergência e Hospitalar. 📲 Participe do canal do g1 Campinas no WhatsApp 🤒 Entre a primeira semana da análise, iniciada em 31 de dezembro de 2023, e a quinta, do dia 3 de fevereiro de 2024, foram 3.015 atendimentos, o que representa uma média de 600 pessoas por semana. A pasta destaca que neste ano já foram registrados 2,3 mil casos confirmados. 🛌 Além disso, do total de pessoas diagnosticadas com dengue, 83 precisaram ser internadas em instituições públicas ou privadas da cidade. Não houve nenhum óbito nesse período. O que está sendo feito? Mosquitos Aedes aegypti no laboratório Oxitec em Campinas, São Paulo 02/02/2016 REUTERS/Paulo Whitaker A Secretaria de Saúde de Campinas informa que desde dezembro de 2023 colocou em prática uma série de medidas consideradas adicionais. 🏠 Visitas a imóveis: segundo a pasta, neste ano já foram visitados 18,4 mil imóveis em quatro mutirões, que buscam orientar a população e eliminar criadouros do Aedes aegypti, transmissor da doença. Além disso, somente no dia 3 de fevereiro a Secretaria de Serviços Públicos recolheu 1,4 mil toneladas de lixo e entulho descartados irregularmente em áreas públicas da metrópole. 📑 Ações multisetoriais: no fim de 2023, a administração municipal anunciou a criação de uma Sala de Situação para análise sistemática, reorganização da rede municipal de saúde e um site para divulgar informações. A cidade também passou a usar drones para identificar grandes criadouros em imóveis fechados ou abandonados. 📅 Boletim semanal: outra iniciativa destacada pela Prefeitura é a divulgação semanal do boletim de alerta para regiões com maior potencial de transmissão da doença, com propósito de mobilizar os moradores para eliminação de focos do mosquito. Estatísticas do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa) mostram que 80% dos criadouros estão nas residências. Sintomas e prevenção 🌡️ A dengue causa febre alta e repentina, dores no corpo, manchas vermelhas na pele, vômito e diarreia, resultando em desidratação. 🚨 Ao apresentar estes sintomas, o morador deve procurar uma das unidades de saúde da cidade para atendimento médico, segundo a Secretaria de Saúde. A orientação da Secretaria de Saúde para pacientes com sintomas da dengue é a busca pelos centros de saúde. Os endereços e horários de atendimento estão disponíveis no site da pasta. Veja algumas das medidas de prevenção: Utilize telas de proteção com buracos de, no máximo, 1,5 milímetros nas janelas de casa; Deixe as portas e janelas fechadas, principalmente nos períodos do nascer e do pôr do sol; Mantenha o terreno limpo e livre de materiais ou entulhos que possam ser criadouros; Tampe os tonéis e caixas d’água; Mantenha as calhas limpas; Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo; Mantenha lixeiras bem tampadas; Deixe ralos limpos e com aplicação de tela; Limpe semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia; Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais; Limpe todos os acessórios de decoração que ficam fora de casa e evite o acúmulo de água em pneus e calhas; Coloque repelentes elétricos próximos às janelas (o uso é contraindicado para pessoas alérgicas); Velas ou difusores de essência de citronela também podem ser usados; Evite produtos de higiene com perfume porque podem atrair insetos; Retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa. VÍDEOS: Tudo sobre Campinas e Região Veja mais notícias sobre a região na página do g1 Campinas.

Fonte: G1


11/02/2024 – Paraiso FM

COMPARTILHE

SEGUE A @PARAISOFM897

(35) 3531-8007

comercial@paraisofm.com.br
Avenida Zezé Amaral, 1128 – Vila Ipê.  Cep: 37950000 – São Sebastião do Paraíso – MG      WhatsApp ouvinte: (35) 99910-6677

NO AR:
- PARAISO FM